RIOS FM 95,7 AO VIVO

Pesquisar
Close this search box.

Pecados da comunicação interpessoal: o uso de generalizações

comunicação interpessoal

Os diálogos que travamos cotidianamente podem ser mais agregadores e leves ou mais tensos e conflituosos a partir do modo como nos posicionamos nesta relação. Cada um de nós pode, a partir do uso de expressões específicas, irritar e até mesmo ofender nosso interlocutor. Nesta direção, o uso de generalizações é um erro a ser evitado.

Generalizar é estender os resultados da observação de alguma percepção ou situação ao conjunto de percepções e situações possíveis. Ação que consiste em estender os resultados de algo específico à maioria. Há que se ressaltar que a generalização é útil e necessária como nos contextos de pesquisas científicas em que os resultados de uma amostra acabam sendo atribuídos à uma população. Mas, nos diálogos e relações interpessoais, a generalização pode ganhar um sentido preconceituoso, precipitado e negativo.

O uso de generalizações se dá a partir do emprego de palavras totalizantes em nossas relações interpessoais e diálogos.

Exemplos de Palavras Totalizantes

  • Tudo
  • Nada
  • Sempre
  • Nunca
  • Todos
  • Ninguém
  • Jamais
  • População
  • Família
  • Sociedade
  • Juventude

Você NUNCA cumpre os prazos

Em uma situação de feedback, por exemplo, falar isso a um colaborador pode representar uma grande ofensa por sugerir elevado grau de irresponsabilidade. Afinal, se fosse mesmo verdade, este funcionário possivelmente não estaria mais na empresa. Ao invés disso, busque ser específico: nos últimos dois meses você não tem cumprido os prazos, e preciso que isso mude.

Os JOVENS não querem compromissos com os estudos

É bem verdade que muitos jovens não querem ou não demonstram ter compromisso com a vida acadêmica, mas não são todos. Imagine dizer isso em uma sala repleta de jovens ou até mesmo perto de um jovem que não se vê representado nesta fala. Substitua então a generalização pela especificidade: tenho percebido muitos jovens descompromissados com os estudos.

Você SEMPRE cria confusão na empresa

É possível que tenhamos colaboradores costumeiramente envolvidos em contextos de confusão. Mas ao invés de generalizar procure apresentar os fatos: tivemos um episódio envolvendo a orientação sexual do João, outro relacionado aos atrasos do Pedro e outro com a Carol, relacionado às razões de seu divórcio. Em todos eles você estava envolvido e preciso que isso não se repita.

Melhorar nossa habilidade comunicacional implica em nos despirmos de nossos julgamentos e preconceitos precipitados. Pressupõe nossa abertura para perceber a diferença entre a realidade interna e a realidade objetiva. Nossas crenças e percepções por vezes podem ser traiçoeira, nos fazendo expor pensamentos e visões de mundo que não representam a realidade e pior de tudo, que agridem aquele que nos ouve.

Transicao-de-carreira

Transição de Carreira

A primeira orientação é construir uma reserva financeira, porque o momento de mudança de carreira pode ser que a pessoa inicie na nova área.
networking

Networking: uma moeda de troca

O Tom de Voz Muda Tudo

O Tom de Voz Muda Tudo

medo falar público

Os porquês do medo de falar em público

A Dádiva da Empatia

Pecados da Comunicação Interpessoal: a evocação de testemunhas

Add New Playlist